investimento a longo prazo

Qual o melhor investimento a longo prazo? 5 dicas para investir

Sempre chega aquele momento da vida em precisamos pensar no futuro. Diante de tantas opções de investimentos, você encontra o investimento a longo prazo.

Mas o que é um investimento a longo prazo? São aplicações que têm duração de pelo menos 5 anos, aquelas nos quais você realiza pensando em colher frutos em um futuro distante, os que irão te prover renda passiva suficiente para viver daquele investimento. 

O que é investimento a longo prazo?

Quando se pensa em investimento a longo prazo remetemos à compra de ações, fundo de renda fixa, fundos imobiliários e tesouro direto, por exemplo. É claro que essa é só uma média, a definição de longo prazo pode mudar bastante, tudo de acordo com a estratégia que irá aderir.

O investimento a longo prazo é muito recomendado para você que quer investir pensando nos rendimentos de forma que supra sua aposentadoria no futuro.

É comum do ser humano sonhar no que está por vir, obter independência financeira, ter uma casa aconchegante, constituir uma família, praticar um hobby, ter um emprego melhor ou seu próprio negócio, ter boa saúde, viajar, ter o carro do ano e uma farta aposentadoria.

Aí vem a pergunta, como você estará daqui a 5 anos? E daqui a 10 anos? É difícil fazer uma projeção quando não se tem um plano traçado que é muito importante ter atitude para colocá-lo em prática, porque apenas sonhar não te fará ter o que deseja como um milagre.

A partir do momento em que começar a colocar em prática, saiba que tudo que fizer a partir dali, vai influenciar diretamente nos resultados, então é importante ter muito cuidado.

Quando você se tornar um investidor visando a sua independência financeira e realizar um investimento a longo prazo, você saberá que teve êxito no seu objetivo quando o rendimento de seu negócio cobrir todas as suas despesas. 

Mas você pode ir além, buscar novos objetivos e sucessos, não há nenhum problema em ser ambicioso, desde que haja com honestidade, é claro.

No mercado é possível encontrar diversos tipos de investimentos que podem valorizar o seu dinheiro sem que faça loucuras, por isso é necessário ter um bom conhecimento sobre o mercado, sobre a bolsa de valores, etc. Para que você administre bem o seu dinheiro e faça sempre as melhores escolhas.

Ficou claro que investir com prazos maiores tem a ver com realizações pessoais, vontade e inteligência, mas a grande maioria que não nasceu em berço de ouro precisa trabalhar bastante para obter sucesso. 

Nestes casos principalmente, é ter o melhor controle financeiro possível, pois todo investimento traz risco e pessoas que não tem onde recorrer em caso de falha, são as mais vulneráveis.

Para que você seja um investidor bem sucedido, seguem algumas dicas:

1 – Estude o mercado

Ter uma boa preparação e conhecimento é o primeiro passo para quem quer ser um investidor bem sucedido. Não precisa ter um diploma em finanças, mas terá de estudar e ver como o mercado opera e nunca pare de estudar pois o mercado muda constantemente.

2 – Ter objetivos claros

Você tem que saber o que quer, só assim poderá organizar suas prioridades e ter foco. Se questione bastante sobre todas as suas vontades quando elas estiverem estabelecidas, se você estiver determinado, nada irá te abalar com facilidade.

3 – Saiba qual é o seu perfil

Não é nenhum pecado sonhar grande, mas quando colocar seus sonhos em prática tem que se conhecer antes, saber da sua realidade, o que pode ou não fazer, até onde está disposto a ir para realizar seus objetivos, saber se irá aguentar e se é aquilo mesmo o que quer para sua vida. Grandes investimentos geram grandes consequências, sendo elas boas ou ruins.

4 – Escolher parcerias

Após os 3 primeiros passos estiverem em dia, você terá de escolher parcerias com instituições financeiras para te ajudar rumo ao seu objetivo. Escolha uma que tenha bons valores, segurança e atendimento. Essa escolha pode fazer uma grande diferença lá no futuro, pois taxas abusivas e um suporte ruim podem prejudicar o desempenho de seus investimentos.

5 – Variar seus investimentos

Investimentos de curto prazo são bons, mas é importante intercalar arriscando fazer aplicações em outros investimentos de médio e longo prazo, para que você faça sua renda girar e ter capital para alimentar seu maior investimento. 

Investimentos a curto e médio prazo também te darão uma segurança maior.

Veja outros tipos de investimentos.

Agora vamos ao seguinte ponto, qual o melhor investimento a longo prazo para você?

Isso será muito relativo, dependerá de diversos quesitos como o que você quer, quando, como e quanto pretende investir. Essa escolha será sua, mas abaixo segue a lista dos mais comuns e recomendados:

LCI e LCA

As letras de crédito são títulos de renda fixa emitidos pelos bancos com o objetivo de financiar o setor do agronegócio e do setor imobiliário.

Esse tipo de financiamento é seguro e de baixo risco, e tem a grande vantagem de ser isento de IR. 

Atualmente o LCI e o LCA são mais procurados pelos investidores devido a essas vantagens somadas às opções que podem render mais de 100% do CDI dependendo do banco.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um título emitido pelo Governo Federal e funciona como um empréstimo.

Dessa forma, você investe o seu dinheiro e o recebe acrescido de juros na data de vencimento, que já é estipulada no momento da compra. 

É a porta de entrada para o mundo dos investimentos e possui modalidades prefixadas e pós-fixadas, ideal para quem quer começar.

É o preferido de quem está pensando em aposentadoria, a NTB Principal é indexada a inflação do IPCA e espera-se que possa seguir em alta por um bom tempo.

CDB e LC

CDB e LC são investimentos em Renda Fixa, com boas rentabilidades e muitas opções de prazo de resgate para seu investimento, é versátil para muitos tipos de perfis e são cobertos pelo Fundo Garantidor de Créditos – FGC.

Fundos de Investimento

Essa é uma excelente alternativa para investir em ações por meio de Fundos de Investimentos, com ele a seleção dos melhores papéis fica por conta do gestor do fundo, existem vários tipos de fundos para se investir.

Debêntures

É um título de crédito representativo de um empréstimo que uma companhia realiza junto a terceiros e que assegura a seus detentores direito contra a emissora, estabelecidos na escritura de emissão.

Basicamente, você empresta o seu dinheiro para uma empresa. Em troca, recebe um rendimento anual acertado no momento da compra, por exemplo, 6,0% + IPCA

Estes ativos pertencem à renda fixa, sendo assim, a taxa de rentabilidade deve se manter até a data do vencimento.

Ações

Ações são títulos que representam uma fração do valor das companhias ou sociedades anônimas. 

O investimento em ações atrai cada vez mais brasileiros para a Bolsa de Valores.

Para começar a comprar ações, no entanto, é preciso conhecer melhor esse mercado, quando se compra ações você se torna sócio da empresa, e como um sócio, o ideal é conhecê-la antes de investir, pois esse investimento é o que possui mais risco de perda entre os que já citamos.

Quando uma instituição decide expandir seu negócio, muitas vezes necessita buscar mais dinheiro para isso. 

Portanto, muitas delas se tornam companhias de capital aberto e ofertam suas ações no mercado para obter recursos. Escolha ações de empresas sólidas, com boa governança e que tenham um bom histórico.

Gostou das dicas? Você pode buscar empresas de investimentos ou investir sozinho. Se escolher fazer sozinho, estude muito!

Se acha que agora não é momento para fazer investimento a longo prazo, pois precisa primeiro organizar sua vida financeira, a AP Ponto oferece consultoria financeira gratuita, sem atrelar à compra do imóvel.

Quer conhecer? Agende um atendimento online ou presencial!

 

como comprar apartamentoPowered by Rock Convert
COMPARTILHAR