economia doméstica

Economia doméstica – 7 dicas para economizar dentro de casa

Você sabe o que é economia doméstica?

A Economia doméstica, muito embora seja um assunto com várias vertentes, vai muito além de apenas se tratar da administração de um orçamento doméstico.

A economia doméstica enquanto disciplina refere-se também ao mercado interno, que representa bens e serviços oferecidos dentro de um país.

Mas isso é um assunto para outro momento. Aqui o foco mesmo está na economia doméstica enquanto orçamento e como você pode economizar dentro de casa para garantir menos gastos desnecessários.

Então, você está afim de economizar um dinheiro para fazer aquela viagem em família nas férias? Ou talvez comprar aquele carro ou a casa que sempre quis?

Economizar dinheiro não é tão difícil quanto parece, se você busca poupar seu dinheiro, confira a seguir 7 dias que irão te auxiliar a guardar aquela graninha.

1 – Ter controle sobre todos as suas contas e seus gastos

É muito importante você ter sempre na ponta do lápis todos os seus gastos, liste todas as suas dívidas mensais e despesas de todos os integrantes da família, aplique-as em uma planilha, esteja sempre com a calculadora em mãos e não deixe escapar nenhum número sequer.

Anote todos os valores com suas respectivas datas de vencimento, pague sempre antes de vencer ou na data do vencimento, contas atrasadas geram juros e evitar esses é indispensável para qualquer pessoa que queira economizar.

Não tenha controle apenas das suas dívidas, mas também dos seus gastos no dia a dia, se você comprar algo, por menor que seja o valor anote. Pois ao final do mês quando for contabilizar não deixará passar nenhum detalhe.

Com esse controle sempre em dia, você terá conhecimento de como está gastando seu dinheiro, se está sendo administrado no que é essencial e no que é dispensável.

Após saber disso, corte o que for desnecessário, não precisa ser de uma vez, corte aos poucos para que não sinta uma diferença brutal no seu modo de vida, pois essa diferença pode gerar um choque tão grande que te desanime de economizar o seu dinheiro.

Um ótimo exemplo de corte de gastos é optar pelo transporte público ou pela sua bicicleta para se locomover da casa para o trabalho ou faculdade durante os dias de semana. Deixe o seu carro na garagem pois a economia de combustível irá te trazer um grande benefício financeiro.

2 – Foque em uma meta

Quando você for aplicar a economia doméstica é importante pensar que o seu dinheiro poupado será convertido em algum objetivo no qual você e sua família querem realizar,visualize esse objetivo, calcule quanto irá precisar e mantenha uma folga de economia acima do valor real do que deseja, apenas como precaução contra imprevistos.

Estabeleça regras para todos da casa, como tomarem banhos mais curtos, apagarem a luz ao sair do cômodo, desligarem as TVs quando forem dormir, entre outras.

Tudo isso irá gerar menos gastos e mais economia, quando notarem que os resultados estão sendo positivos, celebrem todos juntos, isso é uma motivação ainda maior para a mudanças de hábitos.

3 – Adie grandes investimentos

Esse ponto é crucial para qualquer pessoa que esteja economizando visando algum objetivo. Se você quer comprar algo no qual precise economizar a longo prazo, terá que priorizar o seu objetivo, colocá-lo em primeiro lugar.

Ok, acidentes e imprevistos podem acontecer e te forcem a usar sua economia, mas não deixe que isso atrapalhe no seu foco, você poderá usar o suficiente para remediar aquele tal acontecimento mas continue focado em economizar o seu dinheiro.

4 – Inove nos seus lazeres

Só porque você está poupando dinheiro não significa que tem que deixar de se divertir. Você pode mudar diversos tipos de lazeres por outros que lhe darão a mesma satisfação, como por exemplo:

Se você gosta de beber sua cervejinha conversando com a galera, você pode trocar o barzinho do final de semana por uma uma social na casa de alguém, é bem mais barato comprar cerveja no supermercado do que no bar, não terá gastos como os 10% do garçom e sem contar que estará muito mais a vontade e seguro.

Você também pode optar por passeios gratuitos para não ficar só socado dentro de casa.

Pode ir ao parque ecológico, zoológico, museu, teatro, entre outros, cada cidade dispõe de seus eventos e lugares gratuitos e esses lugares oferecem grandes valores de entretenimento e cultura para você e sua família.

5 – Foque nos descontos e promoções

Para tudo que for comprar consulte várias opções, visite todas as lojas, visando sempre comprar com os melhores descontos e se possível, quando estiver em promoção.

Pagamento à vista no dinheiro sempre saí por um menor valor. Quando for possível faça o pagamento em dinheiro.

Troque a marca daquele produto que você faz questão de comprar da melhor marca por outras marcas, muita gente tem essa teimosia em consumir apenas tall marca e geralmente nunca experimentou outras.

Opte por ver abraçar outras opções mais baratas, não tenha medo da mudança, ela talvez possa te trazer até mais benefício.

Quando for fazer o supermercado, faça uma lista de coisas que realmente precise comprar, não saia do seu roteiro nem por um segundo, mesmo que seja tentador comprar algo a mais apenas porque você quer, no fundo você sabe do que precisa.

Ainda no supermercado, busque comprar alimentos que possa preparar para levar marmitas para o serviço, muitas pessoas tem preguiça de levar marmita e realmente é um pouco trabalhoso, mas deixar de frequentar restaurantes lhe trará menos gastos e uma vida mais saudável.

Lembrando que essa dica se aplica para produtos essenciais para você, não gaste com coisas supérfluas, pode se arrepender se cair na armadilha do consumismo.

6 – Gaste menos do que você ganha

Para guardar o dinheiro você precisa finalizar o seu mês no verde, aplique o primeiro passo rigorosamente para conseguir este feito, sabendo com o que anda gastando poderá aplicar uma boa organização financeira.

A partir do primeiro momento em que conseguir guardar qualquer quantidade monetária, você começou a sua economia.

Para que suas economias cresçam você deverá “esquecer” daquele dinheiro. Nunca pense nele como um dinheiro a mais, mas sim em um dinheiro que te fará cumprir uma meta.

De preferência aplique-o em uma conta poupança, pois ele crescerá um pouquinho todo mês.

7 – Busque outras fontes de renda

Se estiver com tempo livre no dia a dia e quiser impulsionar sua poupança, busque outras formas de ganhar dinheiro sem prejudicar a principal obviamente.

Você pode fazer “bicos” ou algum freelancer por exemplo, você pode fazer sanduíches ou bombons para vender no trabalho ou na faculdade, fazer algum artesanato no qual possa vender.

Você pode combinar de dar carona para colegas de trabalho por um certo valor, Use sua criatividade e seus dons para arrecadação de dinheiro.

Conclusão

As 7 dicas acima sobre economia doméstica são muito importantes, mas elas não bastam para você conseguir economizar o seu dinheiro, todas elas apenas te auxiliarão, te darão um norte, pois o principal quesito para alcançar seu objetivo está em você, o quanto você quer reduzir seus gastos com despesas para aplicar melhor a renda economizada em você e sua família.

Ninguém é de ferro, mudanças de hábitos são muito complicadas e podem ser sacrificantes por demandarem tempo e muita paciência, mas quando se faz em conjunto um apoia o outro e flui muito melhor. 

Você e sua família tem que estar bem focados na economia doméstica que estão realizando, se tiverem foco vocês terão disciplina e controle sobre suas vidas financeiras particular e coletiva, e quando menos esperarem já estarão usando o dinheiro economizado em lazer para todos.

Então desejamos que vocês tenham muita sorte com isso e que sejam muito felizes em seus feitos e suas escolhas.

 

dicas sobre finançasPowered by Rock Convert
COMPARTILHAR