sustentabilidade

Por que morar em condomínio que preza pela sustentabilidade?

Uma etapa de preservação do meio ambiente é a sustentabilidade, que é a capacidade de sustentação ou conservação de um processo ou sistema e, assim, atender as necessidades da sociedade sem comprometer as gerações futuras. 

Dessa forma, dando a oportunidade para que elas também possam utilizar os meios naturais. Em outras palavras, é a maneira como devemos agir em relação a natureza.

Muita gente acha que sustentabilidade é impraticável no meio urbano, o que, é claro, está totalmente errado. 

Na cidade grande é onde devemos ainda mais ter boas práticas, porque tem um volume maior de pessoas, consequentemente um consumo maior de água, produção maior de lixo, poluição da atmosfera, entre outros problemas.

Vivemos em uma sociedade consumista e isto aliado a um crescimento populacional tem gerado cada vez mais problemas ambientais, o lixo urbano por exemplo, na maioria das vezes não tem o devido tratamento e acaba indo para lixões a céu aberto ou em rios e mares como vemos todos os dias na televisão.

Animais sofrendo tendo até deformações físicas por conta do lixo que o humano produz. Grande parte deste lixo tem origem domiciliar, como plásticos, vidros, etc. Por isso é importante que a iniciativa de sustentabilidade se inicie em nossa casa.

A prática do bom senso com a natureza deve ser aplicado desde as enormes multinacionais até o indivíduo singular. Toda boa prática tendo consciência de que está ajudando o planeta, é muito gratificante e benéfico. 

Alguns exemplos de bons hábitos no meio urbano são:

Economia de material;

Uso de material biodegradável;

Reciclagem;

Aproveitamento de recursos naturais;

Tecnologia que favoreça o meio ambiente.

Quando você aplica essa metodologia em sua vida vai querer levar ao pé da letra. Por isso, é importante que você more em um lugar que tenha um plano de sustentabilidade aplicado. 

Se você morar em uma casa você mesmo fará isso, mas o foco deste texto é se você for morar em um condomínio, verifique como a construtora age com as causas ambientais.

São diversos segmentos que a empresa responsável pela construção daquele condomínio tem que adotar para ter uma sustentabilidade eficaz, sendo algumas delas:

Sustentabilidade na implantação de coleta seletiva

Não pode faltar uma boa coleta seletiva em um condomínio, mesmo que na maioria dos conjuntos residências a coleta tenha se tornado uma prática, é indispensável que fique atento a este detalhe, pois não adianta ter os recipientes para cada tipo de lixo e não cumprirem com a tarefa de fazer a separação correta. 

Pesquise também o destino do lixo para ter total certeza que a coleta seletiva daquele lugar é de boa qualidade.

Sustentabilidade através da energia solar

A energia derivada da luz solar é considerada uma energia inesgotável e renovável. Um condomínio que tenha painel fotovoltaico já sai na frente no quesito sustentabilidade, pois o funcionamento dos painéis não emitem gases poluentes. 

Para regiões ensolaradas a instalação é uma opção muito viável, que fora a vantagem ambiental, ainda garante uma vantagem para o seu bolso na economia na conta de luz.

Sustentabilidade no consumo e reaproveito da água

O consumo responsável da água é uma das coisas mais importantes que o ser humano deve praticar.  

Nos últimos anos, diversas cidades por todo o país, vêm sofrendo com a falta de água e secas intensas, sendo essas mais comuns no nordeste, região mais populosa do Brasil. Entretanto, possui apenas 6% das reservas de água doce.

O estado do Rio de Janeiro também está com sérios problemas de acessibilidade à água. Segundo a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, mais de 140 localidades do estado não estão tendo acesso à água potável fornecida pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae). 

A Ouvidoria Geral desta instituição disponibilizou um canal de denúncias em suas redes sociais no dia 18 de março, desde então foram registradas mais de 475 denúncias de 14 municípios diferentes.

Para solução deste grave problema, a ONU recomenda o uso diário de 50 litros por pessoa, já que em algumas regiões o consumo é totalmente fora do aceitável, chegando a 400 litros por indivíduo.

Outras medidas precisam ser impostas com mais rigor para combater o desperdício e evitar a crise da falta d’água, tais como a captação da água das chuvas, diminuir o número de descargas, banhos diários, etc.

Muitos condomínios fazem a instalação de cisternas para captação da água de chuvas, essa água armazenada pode ser utilizada para limpeza, irrigação de jardins, lavagem de carros, entre outras. 

Esta prática proporciona uma economia de cerca de 50% de água. Verifique se o condomínio tem planos responsáveis de consumo de água.

Área verde – É muito importante que o condomínio tenha um mínimo de espaço dedicado a uma área onde exista vida vegetal. 

Seja pequenas árvores, um jardim bem cuidado, pés de frutas, hortas, etc. Uma horta pode lhe fornecer alimentos livres de agrotóxicos, que estão logo ali no seu “quintal”. 

Ter um área verde te conecta com a natureza, é um pequeno escape daquela rotina da cidade grande, poder olhar, plantar, regar e colher farão bem a você e ao meio ambiente.

Conclusão

Essas são apenas algumas práticas que você deve procurar em um condomínio que vai morar, é muito importante pensar no meio ambiente e praticar com rigor a sustentabilidade.

Aqui na AP Ponto já praticamos todas essas formas de sustentabilidade, porque sabemos o quanto é importante fazermos nossa parte para fazer do mundo um lugar melhor. 

Além dos nossos condomínios possuírem placas fotovoltaicas na área comum, temos hortas para o cultivo de ervas e temperos e área verde.

Durante a construção também mantemos boas práticas sustentáveis, como a redução de resíduos na obra, fazendo o reaproveitamento de materiais.

Gostou das nossas dicas? Venha saber mais sobre a AP Ponto e comprar o seu imóvel com a consciência limpa de que está em um espaço onde você e a natureza são a prioridade.

Para mais informações sobre imóveis, confira outros textos do nosso blog ou confira aqui nossos imóveis a venda.

Leia também: Horta em apartamento: veja como manter com pouco espaço

dicas de onde morar em minas geraisPowered by Rock Convert
COMPARTILHAR