Podemos Conversar
compra conjunta de imóvel

Compra conjunta de imóvel: como funciona e quando é possível

A compra conjunta de imóvel é muito comum no Brasil, ela ocorre quando mais de uma pessoa realiza o pagamento da casa ou apartamento, dividindo todos os direitos e deveres proporcionalmente entre eles. 

Os valores podem variar de acordo com a participação de cada um, e essa opção é muito usada principalmente por casais que estão noivos, buscando pelo imóvel próprio.

Mesmo com a popularização, muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre como funciona a compra conjunta de imóvel. E, sabendo disso, a AP Ponto está aqui para esclarecer melhor sobre o assunto.

Mas afinal, como funciona a compra conjunta de imóvel e quando é possível?

Comprar uma casa ou um apartamento conjuntamente é possível de acordo com a lei. 

Na compra conjunta de imóvel todos os participantes podem usufruir e exercer os privilégios de proprietário sobre o imóvel. 

Porém, os deveres como o pagamento das contas, impostos e demais taxas devem ser pagas proporcionalmente a parte que cada um tem sobre o imóvel. 

Por exemplo: Pessoa A é dona de 60% do imóvel e pessoa B dos outros 40%, a pessoa A vai arcar com 60% dos deveres e a pessoa B, com 40%.

Em caso de financiamento, os compradores são obrigados a pagar todo o saldo devedor até a quitação do imóvel. 

Já a compra à vista é bastante simples. Todo o processo é bem agilizado porque só precisam constar no documento de compra e venda os nomes dos proprietários do lugar. Após isso, terão condição de donos do imóvel na matrícula e também na escritura definitiva.

As pessoas que pretendem compartilhar um imóvel, somam suas rendas para dar entrada no processo, o cálculo-base será em cima das rendas somadas, o que impulsiona ainda mais as chances de concluir a transação e até conseguir aprovação de valores maiores, porque o valor das parcelas não podem ser maiores do que 30% da renda familiar. Esse critério também é considerado no programa Minha Casa Minha Vida.

Para que tudo ocorra bem, os participantes que irão exercer a compra conjunta de imóveis, devem ter em mãos comprovantes de rendas atualizados, documentação individual em ordem e nomes sem restrições. 

Uma pessoa que não esteja de acordo com as condições exigidas, pode travar a aprovação de crédito, impossibilitando dar continuidade em todo o processo.

A compra conjunta de imóveis deve ser tratada com cuidado, deve ser registrado o percentual de cada proprietário sobre o imóvel, para evitar dor de cabeça na hora da venda. 

Então escolha muito bem com quem quer dividir a compra de uma propriedade, seja cônjuge, parente ou amigo. 

Outro problema que pode aparecer é que em caso de inadimplência, protestos em cartório e outras cobranças judiciais pode recair sobre o imóvel.

Em caso de casamento ou união estável, assim como de costume com os outros bens, devem registrar a porcentagem que cada um tem sobre a casa ou apartamento, porque se não, o imóvel será dividido em partes iguais em caso de separação.

A compra conjunta de imóvel é um dos meios de aquisição de imóveis mais acessíveis aqui no Brasil, por ser fácil de concluir caso os requisitos estejam todos certos. 

É uma ótima opção para pessoas que não têm renda bruta suficiente para financiar um imóvel individualmente. 

Mas quando compartilhada a renda familiar, é suficiente para conseguir limites altos, consequentemente é possível comprar imóveis melhores, ou seja, a compra conjunta facilita ainda mais a democratização da casa própria.

As desvantagens é justamente a compra conjunta, porque você não será o único dono do imóvel, mas como dito anteriormente, se escolher bem com quem quer dividir um imóvel, dará tudo certo. 

Então não se esqueça, investimento tem riscos, conte com pessoas que você tem muita confiança e que darão conta de arcar com as devidas partes dos pagamentos.

Conclusão

A compra conjunta vale sim a pena, principalmente para pessoas que estão se casando ou que sonham em ter seu próprio lar. 

Se você seguir rigorosamente as dicas acima não terá erro e logo estará com a chave da casa ou apartamento em mãos.

Além de pessoas de confiança, você deve escolher uma construtora de confiança, e nenhuma melhor do que a AP Ponto para isso.

Aqui na construtora AP Ponto é possível realizar a compra conjunta de imóvel, pois nossos empreendimentos são vendidos pelo programa Minha Casa Minha Vida, o que agrega ainda mais benefícios para os nossos clientes.

Que tal começar agora? Preencha o formulário abaixo e solicite uma simulação. Quem sabe a conquista da casa própria não está mais perto do que imagina?


como comprar apartamentoPowered by Rock Convert
COMPARTILHAR

FALE CONOSCO

TIRE SUAS DÚVIDAS, RECLAMAÇÕES E SUGESTÕES!
OU

DEIXE SEUS CONTATOS

PARA QUE POSSAMOS ENTRAR EM CONTATO COM VOCÊ