limpar nome no SPC

Como limpar nome no SPC, Serasa e SCPC Boa Vista: Passo a passo completo

Estar endividado é a realidade de muitos brasileiros. Em 2017, mais de 60 milhões de brasileiros estavam com algum tipo de restrição em seu nome. Para quem está nesta situação, uma dúvida é comum: como limpar nome no SPC, Serasa ou outros órgãos de proteção ao crédito?

Com organização financeira, planejamento e renegociando as dívidas em atraso, é possível controlar suas finanças. Finalmente pagando seus débitos e limpar o seu nome. Porém, para muita gente, este processo de reorganização financeira não é nada fácil.

Por isso, neste artigo, você verá dicas e um passo a passo para poder limpar o seu nome e se ver livre das dívidas. Podendo assim voltar a correr atrás dos seus sonhos, como a compra de um imóvel novo. Confira!

Porque você deve limpar o seu nome

Se você, por algum motivo ficou com seu nome “sujo” na praça, saiba que isso pode trazer muitas dificuldades e grandes dores de cabeça.

Além das tradicionais cobranças e ligações diárias, as quais duraram por pelo menos os próximos cinco anos, com o CPF negativado, o devedor não poderá obter nenhum tipo de crédito pessoal.

Além disso, muitas lojas e empresas também restringem as contas a prazo e crediários para esse tipo de cliente. Também não será possível conseguir realizar um financiamento em seu nome, inclusive os financiamento imobiliários.

No programa Minha Casa Minha Vida, por exemplo, uma das possíveis restrições para concessão do financiamento é ter o nome sujo junto à instituições de proteção ao crédito.

E com nome sujo, você pode ter algumas complicações, como a perda de credibilidade junto ao mercado. O que pode fazer a diferença em uma oportunidade de novo emprego, por exemplo.

Por conta desses motivos, você deve avaliar suas dívidas. E procurar se organizar e saber o que deve ser feito para conseguir sair dessa complicada situação o mais rápido possível. Assim, poderá finalmente limpar o seu nome.

Como consultar suas dívidas em aberto

Se você está preocupado em saber se está com o nome negativado, poderá consultar quais são as dívidas atrasadas foram registradas em seu CPF e qual o valor delas.

Com isso, você poderá ter uma maior clareza do tamanho do problema financeiros que devem ser resolvidos. Você pode consultar as dívidas em seu nome de forma online e gratuita nos três sites a seguir:

No site do Serasa

Ao abrir o site, você irá fazer seu cadastro, digitando seu nome, CPF, e-mail, data de nascimento, número de telefone celular e cadastrar uma senha. Em seguida, você conseguirá conferir todos os lançamentos em seu nome e que foram registrado no Serasa Experian.

Lá, estará além das dívidas em aberto, o score do seu CPF. Isso é determinante para saber como está a sua reputação no mercado, e o que fazer em seguida para melhorar essa nota.

Site do SPC Brasil

O SPC Brasil – Serviço de Proteção ao Crédito – foca principalmente na negociação de dívidas adquiridas junto ao comércio.

Após acessar o site e realizar seu cadastro, você receberá as informações das dívidas e terá acesso as negociações disponíveis com as empresas. E, caso alguma delas encaixe no seu orçamento, você poderá aceitar uma das condições propostas.

Site do SCPC Boa Vista

Para conferir os lançamento em seu CPF no SCPC Boa Vista, você também precisará realizar um cadastro e informar todos os seus dados corretamente, para então poder receber os códigos de ativação da conta.

Depois de realizado o cadastro e ativação da sua conta, clique em “Consulta de CPF” e realize a consulta dos seus débitos. Você também poderá negociar as suas dívidas pelo próprio site.

É interessante consultar todos os três sites, pois algumas empresas podem não estar cadastradas em um determinado serviço. Assim, você pode não saber de alguma dívida registrada em seu CPF para poder quitá-la.

Como funciona o acordo para limpar nome no SPC e Serasa?

Se você está procurando limpar o seu nome no SPC ou no Serasa, saiba que é possível fazer um acordo com as empresas nas quais você tem dívidas em aberto.

Para fazer um acordo com as empresas e conseguir limpar seu nome, primeiro consulte as dívidas em seu CPF. Após ter pleno conhecimento delas, procure conversar com os credores.

Procure o setor de renegociação destas empresas. Pode ser através do telefone, de algum site dedicado para negociações ou mesmo em feirões que visam facilitar limpar o nome, como o Feirão Limpa Nome do Serasa.

Também é possível negociar pela internet nos sites das próprias instituições de proteção ao crédito. Normalmente, são oferecidas formas de pagamento com desconto para quitar a dívida à vista ou mesmo um novo parcelamento do valor total.

Prazo para a empresa retirar seu nome da lista de devedores

Após a negociação e o acordo de pagamento, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, a empresa terá até 5 dias úteis para limpar o seu nome após o pagamento da primeira parcela ou do total à vista.

Por isso, você deve estar atento para solicitar que a empresa limpe seu nome caso isso não aconteça.

Entre em contato com a empresa em um primeiro momento, pois muitas vezes poderá acontecer da empresa esquecer-se de tirar o seu nome da “ficha suja”.

Se mesmo assim ela não cumprir com sua obrigação, você poderá entrar com uma ação judicial, o que demandará mais tempo e trabalho. Por isso, considere essa como uma última opção.

Dicas de como limpar o nome no SPC, Serasa e SCPC

Se você está em meio às dívidas, mas quer sair desta situação delicada, é possível se planejar para limpar o seu nome.

Mesmo que você esteja em um mar de dívidas e com o orçamento do mês apertado, poderá começar a se reorganizar financeiramente para poder pagar o que deve e limpar o seu nome no SPC ou no Serasa.

Faça um planejamento financeiro para pagar as dívidas

Faça um orçamento completo da sua vida financeira e anote todos os seus gastos para se organizar de forma a conseguir quitar suas dívidas. Para isso, faça uma planilha de gastos e ganhos. E caso seja necessário, ajuste e corte gastos para que você não termine o mês no vermelho.

Lembre-se sempre que podem existir imprevistos, como desemprego, doenças, gastos inesperados e no final do mês a situação pode sair do controle.

Por isso, coloque no seu orçamento um valor mensal para uma reserva de emergência. Cerca de 5% a 10% dos seus ganhos já serão suficientes. Assim, você terá uma maior segurança caso algo diferente do comum aconteça.

Vá negociando até chegar a um acordo bom para você

Não tenha medo de conversar com as empresas. Negocie ao máximo que você conseguir, buscando a melhor solução para o seu caso.

Nesta negociação, avalie um modo com o qual você consiga pagar a dívida e não se afunde mais em dívidas. Vale ressaltar que o credor quer encontrar uma solução tanto quanto você. Mas não aceite a primeira oferta logo de cara. Espere e verá que as ofertas irão melhorando com o tempo.

Cumpra com o combinado

Após toda a negociação e acordo, você deve cumprir com o combinado. De nada adianta você negociar, conseguir boas condições, se planejar no primeiro momento, porém depois se esquecer de tudo e não pagar as parcelas.

Por isso, procure sempre cumprir seus acordos combinados e reconquistar a confiança de crédito para o seu nome.

Não faça parcelas muito grandes

Muitas vezes, na vontade de quitar a dívida rapidamente, podemos fazer parcelas altas e, com isso, acabamos nos enrolando em dívidas de novo.

Por isso, mesmo que no primeiro momento seja possível pagar o valor de uma parcela mais alta, após alguns meses o valor pode se tornar inviável. E você terá seu CPF negativado e entrará para a lista de devedores novamente.

Por isso, para limpar o seu nome no SPC ou Serasa, busque parcelas mais baixas e que sejam fáceis de ser pagas. E lembre-se de checar todos os meses o seu planejamento financeiro, o que é de extrema importância para que você saia das suas dívidas.

Se for necessário, procure o refinanciamento

Caso os juros da sua dívida estejam elevados demais, você poderá procurar por um refinanciamento da dívida. O refinanciamento nada mais é do que você buscar condições de pagamentos melhores do que as que estejam atualmente vigente.

Em muitos casos de refinanciamento, você deverá entrar com uma garantia de pagamento, que pode ser seu carro, por exemplo. Assim, o credor terá segurança no pagamento e poderá renegociar o valor com taxas de juros menores e situações de pagamento melhores.

Vale ressaltar que você deve seguir todas as dicas anteriores, como planejamento e controle financeiro. Para que esse refinanciamento não saia do controle e você não perca seus bens. Já que, caso aconteça falta de pagamento por 90 dias, o credor poderá tomar o seu bem.

Por isso, avalie cuidadosamente cada decisão a ser tomada na quitação de suas dívidas. E escolha as melhores opções e condições para seu caso, negociando a melhor alternativa.

Conclusão

Para quem está em meio a uma série de dívidas, sair delas pode até parecer algo impossível. Porém, com planejamento financeiro e indo até os seus credores para renegociar as suas dívidas, será possível limpar o seu nome.

Estar com o nome sujo poderá fazer com que você perca muitas boas oportunidades. Tais como o financiamentos de bens, como do seu apartamento próprio.

Limpar nome no SPC ou no Serasa é algo possível e importante para quem deseja realizar sonhos financeiros em sua vida.

Por isso, se você está nesta situação, siga as dicas que demos neste artigo e comece a reorganizar sua vida financeira para limpar o seu nome e sair das dívidas.

Gostou das nossas dicas? Não se esqueça de assinar nossa newsletter. Assim, você receberá mais conteúdos para te mostrar como ter maior organização financeira e ficar longe das dívidas!

dicas sobre finançasPowered by Rock Convert
COMPARTILHAR