como dar entrada em apartamentos

Como dar entrada em apartamento: o que é preciso e valores

É raro presenciar casos onde a pessoa conseguiu pagar o seu imóvel à vista. Por isso, o mais comum é dar a entrada e parcelar o restante. Se você está à procura de um AP para comprar, mas não possui o dinheiro todo, não se preocupe. Neste artigo, vamos mostrar como dar entrada em apartamento de forma simples.

Dar entrada em um bem normalmente exige organização financeira e um planejamento familiar cauteloso.  Mas, todo esse esforço vale a pena. Pois quitar uma parte do todo significa menos mensalidades e juros altos embutidos.

Se você está à procura de um imóvel, mas ainda se perde na hora do financiamento, esse artigo irá te ajudar a entender um pouco mais sobre como dar entrada e conquistar o lar dos seus sonhos! Vamos lá?

Qual o valor da entrada de um apartamento?

Geralmente, o valor de entrada de uma propriedade pode ser mensurado de acordo com a renda familiar. Mas em média, a garantia inicial dada pelos compradores é de 30% do valor total de um empreendimento.

Os outros 70% são financiados em parcelas mensais e essa estimativa é calculada considerando a renda familiar declarada. E as mensalidades, que serão financiadas após o valor inicial, não devem ultrapassar 30% do total da renda familiar a cada mês.

Em uma agência da Caixa Econômica Federal, o valor de entrada de um imóvel pode chegar a 10% da renda familiar. Além disso, são imóveis novos, garantidos pelo programa social Minha Casa Minha Vida e que possuem uma parcela inicial ainda mais reduzida.

Não se esqueça de que a quantia referente a entrada de um imóvel é dividida em parcelas durante todo o período de construção até a entrega do seu AP. Em muitos casos, esse prazo pode chegar até 36 meses.

Como funciona o financiamento?

Muitas pessoas imaginam que o processo de financiamento de imóveis só deve levar em consideração os juros amortecidos. Mas para te provarmos o contrário, os cinco itens abaixo também fazem parte do valor das prestações de entrada.

Que devem representar os 30% da renda líquida familiar, mencionado anteriormente.

  • Amortização;
  • Seguro de morte e invalidez;
  • Prestações administrativas;
  • Juros do financiamento;
  • Seguro de danos do imóvel.

Essas variáveis te ajudarão a planejar o valor máximo que você será capaz de pagar não somente na entrada, mas em todo o processo de financiamento.

Se o imóvel desejado estiver na planta, a melhor orientação é simular quanto será necessário de empréstimo para quitar o investimento.

Simular, por sinal, é uma ótima forma de orçar a sua entrada, pois tendo um valor estimado, você fica por dentro se as parcelas do AP são compatíveis com a sua renda, antes mesmo do pagamento inicial. Então não perca tempo, e faça já uma simulação no próprio site da Caixa Econômica.

Como juntar dinheiro para dar entrada em apartamento

É preciso contabilizar todo o processo de compra de um imóvel, evitando prejuízos e dívidas acumuladas. Por isso, a primeira coisa a se fazer é ver quanto você tem disponível, para decidir que tipo de apartamento é compatível com o seu bolso.

Leve em conta algumas questões antes de definir esse orçamento. Como os hábitos da família e a renda total gerada pelas pessoas que moram com você. Assim, é possível conseguir ter uma noção maior da faixa de preço do seu futuro AP, e começar a pensar a sua entrada a partir dessa quantia.

Enxugue seu orçamento

Economizar é a regra clássica de qualquer planejamento financeiro. Se você quer conquistar alguma coisa, pensando a longo prazo, é preciso enxugar as finanças familiares, limitando algumas despesas que não são necessárias na sua vida.

Você pode economizar e preservar momentos de lazer, pois viver também é importante. Mas tudo tem moderação e a dosagem certa.

 Invista em renda fixa

Contar somente com a poupança para financiar seu imóvel pode ser arriscado, já que esse tipo de investimento gera pouco rendimento. Sugerimos você a investir também em uma renda fixa que possa ser gerada acima do valor da inflação. Dessa maneira o seu financiamento corre muito menos riscos de não ser valorizado futuramente.

Comprar apartamento sem entrada: é possível?

Grande parte das pessoas sonham com o AP próprio e sair de vez do aluguel, mas não dispõem do valor necessário para dar entrada no futuro imóvel. Existiria outra possibilidade além desse processo?

O imóvel próprio é um projeto a longo prazo para muitas famílias, sem contar toda a despesas envolvidas por fora. Algumas empresas se atentaram a esses casos, muito comum na vida de muitas pessoas, e permitem o financiamento completo do bem, sem a obrigatoriedade da entrada.

A AP Ponto oferece apartamentos prontos para morar, até 100% financiados. 

É uma oportunidade de mudar de vida sem esperar mais. Com parcelas que cabem no bolso, mais barato do que o aluguel.

Mas se você que optar por comprar um apartamento ainda na planta, também é possível realizar até 100% o financiamento.

Posso dar entrada em apartamento com FGTS?

É possível usar o FGTS para dar entrada em apartamento/casa própria. Mas é preciso cumprir alguns requisitos como:

  • Ter trabalhado no mínimo três anos, consecutivos ou não, no mesmo emprego ou qualquer outro sob regime do FGTS;
  • Não ter financiamento atualizado no Sistema Financeiro de Habitação (SFH);
  • Não ter nenhum imóvel em seu nome na cidade onde você mora ou trabalha;
  • Não ter usado os recursos do FGTS no mínimo de três anos.

É totalmente possível usar o FGTS para dar entrada no AP que você tanto queria. Mas lembre-se: outros gastos ainda são necessários, como o ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis), comprovantes, seguros, certidões. Coloque todos esses valores no seu bloco de notas.

Sempre faça uma avaliação do que é possível dentro do seu orçamento. Mas FGTS com certeza é um braço muito importante para ajudar a você quitar uma boa quantia do financiamento.

Dar entrada em imóvel novo dando o antigo: como funciona

O processo é basicamente o que você já imaginava: entregar um imóvel em seu nome como entrada para adquirir um novo bem. Caso haja diferença de preço em cada empreendimento, o restante será financiado da forma mais comum possível.

Essa “troca” é permitida pela legislação brasileira, em casos de apartamentos, empreendimentos comerciais, terrenos vagos, ou até imóveis que ainda estão na maquete!

É até mais provável que você pague menos juros ou impostos. Pois as normas para fazer a transação de dois imóveis são diferentes das tradicionais.

Se os valores dos bens são os mesmos, melhor ainda: a troca pode ser feita e praticamente não há imposto embutido. Quanto menor a quantia declarada ser igual ao do proprietário anterior, menor será a contribuição, e possivelmente serão menores os impostos atribuídos ao valor do imóvel.

Quais imóveis são aceitos em caso de troca?

Qualquer modalidade de imóvel pode ser ofertada na transação, mas é bom saber que a maioria das empresas de construção civil preferem empreendimentos residenciais.

Essa opção pode ser explicada pela facilidade de os imóveis habitacionais serem comercializados no mercado. Mas, de qualquer forma, qualquer empreendimento ou unidade deve passar pelo aval da construtora, que decidirá se a transação será permitida ou não.

Se esse processo for positivo, a propriedade mais antiga será examinada e o vendedor fará uma oferta de investimento. A partir daí, será definido como será o financiamento e a transferência do novo condomínio para as mãos do comprador.

Dicas de ouro antes de dar entrada em apartamento

Procurar os melhores profissionais do ramo é a forma mais sensata de se informar sobre como dar entrada no imóvel desejado, por exemplo.

Perceba se o consultor que você está se comunicando age com transparência e profissionalismo, não estando apenas interessado em fechar mais um negócio. Solicite a ele todas as formas de simulação de condomínio, tendo em vista a sua faixa de renda.

Também não deixe de requerer a melhor possibilidade de financiamento com a melhor instituição financeira. Todas essas questões devem ser respondidas pelo seu corretor, afinal ele será aquele que intermediará o seu investimento.

Na AP Ponto, temos as melhores perspectivas de financiamento e condições de entrada para imóveis imperdíveis. Tudo isso com a excelência de profissionais que trabalham para o seu bem-estar.

Queremos te ajudar a construir o seu sonho. Por isso oferecemos um atendimento personalizado, procurando soluções que cabem perfeitamente no seu orçamento.

Além da possibilidade de financiar até 100% o seu AP Pronto. Realizar o sonho da casa própria nunca esteve tão perto, não é mesmo?

Para aproveitar as promoções da AP Ponto e conquistar a casa própria agora mesmo, agende sua visita aqui.

Venha fazer parte da família AP Ponto!

como comprar apartamentoPowered by Rock Convert
COMPARTILHAR