cestas básicas

240 mil cestas básicas e 57 mil kits de higiene são entregues em BH

Distribuição começará no dia 9 de abril e consulta deverá ser feita pelo portal do Executivo municipal, a partir dos documentos pessoais

Pessoas em vulnerabilidade social terão direito a resgatar cestas básicas e kits de higiene em supermercados de Belo Horizonte a partir desta quinta-feira (9). No total, a prefeitura informa que serão distribuídas 240 mil cestas básicas e 57 mil kits de higiene.

142 mil cestas já foram direcionadas em BH para famílias de estudantes da rede municipal de educação. Dessa forma, estima-se que o total de 382 mil famílias serão beneficiadas na capital.

A consulta de quem tem direito ao benefício deverá ser feita pela internet, por meio do portal da prefeitura que já está disponível desde o dia 07/04.

No site, a pessoa – usando o primeiro nome e o CPF do responsável pelo cadastro ou licenciamento de atividade informal – saberá onde resgatar os alimentos e produtos, conforme escala definida pela prefeitura.

 É imprescindível que a população consulte o site para saber onde deve resgatar o auxílio, já que os supermercados não têm acesso ao cadastro.

As entregas ocorrerão em duas etapas. Mais de 90 mil pessoas já receberam a “Cesta Estudante”, por serem responsáveis legais por aluno matriculado na rede municipal de ensino e creches conveniadas. Elas não terão acesso a essa cesta básica desta vez.

Na primeira fase de entregas, poderão resgatar a cesta básica os seguintes grupos de pessoas: famílias inscritas no CadÚnico, com renda per capita familiar de até ½ salário mínimo; catadores; agricultores urbanos; e famílias do Programa Bolsa Moradia.

O mesmo vale para trabalhadores licenciados nos shoppings populares, camelôs com deficiência licenciados, lavadores de carro, engraxates, e ambulantes com veículo de tração humana licenciados.

Ainda na primeira fase, moradores de vilas, favelas e ocupações urbanas inscritas no CadÚnico poderão resgatar não só a cesta básica, mas também o kit de higiene.

A primeira etapa compreende aproximadamente 100 mil famílias.

Segunda etapa

A partir do dia 11 de abril, pessoas do segundo grupo beneficiado poderão consultar o site da prefeitura.

Fazem parte desse contingente moradores de vilas, favelas e ocupações urbanas que não estavam em cadastros anteriores, mas estão no Sistema SUS; estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA); pessoas com medidas protetivas; e moradores de comunidades tradicionais, como quilombos urbanos.

A retirada dessa parcela da população, cerca de 140 mil famílias, começa no dia 13. Essas pessoas só têm direito à cesta básica.

O que preciso para resgatar?

No supermercado, o cadastrado deverá apresentar um documento oficial de identificação pessoal com foto, contendo número de CPF, ou documento oficial com foto acompanhado do CPF.

Em situações excepcionais, caso o responsável pelo CPF identificado no cadastro esteja impossibilitado de retirar os produtos, outra pessoa poderá retirar desde que apresente procuração simples (não sendo necessária a autenticação em cartório), os documentos originais do beneficiário e os seus respectivos documentos.

O que vem na cesta e no kit?

De acordo com a prefeitura, o kit higiene será composto de 19 itens, sendo oito sabonetes corporais, dois litros de cloro concentrado para diluição e 10 sabões em barra multiuso.

O auxílio está previsto para os meses de abril, maio e junho, podendo haver alteração conforme a dinâmica da pandemia do novo coronavírus na capital.

Já a cesta conta com 12 itens: arroz, açúcar cristal, feijão carioca, fubá de milho, macarrão parafuso, macarrão espaguete, sal refinado, óleo de soja, farinha de mandioca, leite em pó, extrato de tomate e sardinha.

CadÚnico

O Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) é um instrumento do Governo Federal de identificação e caracterização socioeconômica das famílias de baixa renda, que são aquelas que possuem renda familiar mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou renda familiar total até três salários mínimos. Para saber se está inscrita no CadÚnico, a família pode acessar os canais oficiais:  

1 – Site do Governo Federal

2 – Aplicativo Meu CadÚnico (GooglePlay e AppleStore)

3 – Telefone do Governo Federal: 0800 707 2003

Fonte: Estado de Minas

ap acreditaPowered by Rock Convert
COMPARTILHAR